Agenda

Confira as próximas datas...

Leia Mais

Podoposturologia

A podoposturologia é o ca...

Leia Mais

Microfisioterapia

É uma técnica Francesa ...

Leia Mais

Osteopatia

E uma técnica de terapia ...

Leia Mais

O grande avanço: herdamos muitos traumas de gerações passadas e são os genes que transmitem

Nenhum comentário em O grande avanço: herdamos muitos traumas de gerações passadas e são os genes que transmitem

Um estudo recente realizado por uma equipe de pesquisadores americanos em ratos mostrou que eventos traumáticos poderiam influenciar seus genes e afetar o cérebro e o comportamento de seus filhos. Experimentos em ratos realizados por uma equipe de pesquisa da Atlanta University mostraram que eventos traumáticos causavam  ​​mudanças observadas nos DNA do sêmen, e têm efeitos sobre o cérebro e o comportamento de gerações. Segundo o professor Marcus Pembrey, da University College London, estesresultados são transponíveis para os homens.

Sabe-se que muitos dos fenômenos que se encontram ao nível do genoma são envolvidas na transcrição.

Assim o genoma vai dizer quais genes receberam dos seus pais, diferentes daquelas esperadas dos genes reprodutores. Isso é chamado de epigenética. Estes factores genéticos que modificam outros genes podem ser modificados, a longo prazo, pelo nosso ambiente. O mecanismo epigenético mais conhecido é a metilação: cromatina que contém DNA é compactado e mantidos neste estado pela mesma metilação. Para ele “descompactar” outro mecanismo é envolvido, a acetilação.Estes mecanismos podem ser modulados pelo ambiente.

Várias técnicas já estudam e trabalham com padrões e comportamentos dos ancestrais como a microfisioterapia e a constelação familiar.

Por isso nas sessões damos enfase nas questões hereditárias que estão influenciando o inconsciente do indivíduo gerando comportamentos e sintomas indesejados.

http://www.atlantico.fr/decryptage/grande-avancee-heritons-bien-traumatismes-generations-passees-et-sont-genes-qui-transmettent-917394.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *