Agenda

Confira as próximas datas...

Leia Mais

Podoposturologia

A podoposturologia é o ca...

Leia Mais

Microfisioterapia

É uma técnica Francesa ...

Leia Mais

Osteopatia

E uma técnica de terapia ...

Leia Mais

Colesterol – Visão Biológica

Nenhum comentário em Colesterol – Visão Biológica

É uma substância gordurosa natural, que é encontrado em todas as células e tecidos do corpo e no plasma do sangue de animais vertebrados, necessário para a função normal do corpo. Ela ocorre em concentrações elevadas no fígado, medula óssea, pâncreas e cérebro . É essencial para criar a membrana plasmática e regular a entrada e saída de substâncias para a célula .
O colesterol é a base química para ácidos biliares, a vitamina D e todas os hormônios esteróides ,tais como testosterona, estrogênio ,progesterona, cortisol, pregnenolona, aldosterona, estradiol.
A medicina oficial sugere que os altos níveis de colesterol no sangue têm consequências adversas para a saúde e o classifica em dois tipos:
– Mau: a aderir à partícula de LDL é depositado na parede das artérias e formam placas ateroscleróticas.
– Bom : para se juntar a partícula HDL transporta o excesso de colesterol de volta ao fígado para ser destruído.
Na visão biológica, quando uma pessoa vive um conflito de desvalorização, que afeta os vasos arteriais de calibre médio, como artérias carótidas e aorta, por uma perda de território por exemplo, em ambos os casos, ocorre o seguinte processo:
Durante o estresse dilui o endotélio vascular (íntima da artéria) para aumentar o fluxo sanguíneo para os órgãos. Após o término do conflito, na fase de cura, começa a regeneração do endotélio ulcerado. Mas, para o fato de que o fluxo de sangue é muito rápido, as células regeneradas têm o risco de se perder na corrente sanguínea. Para evita-lo, o corpo utiliza o colesterol para formar uma barreira impermeável que isola o endotélio do fluxo de sangue e , em seguida, a reparação vascular ocorre sem problemas.
A placa de colesterol está gradualmente entupindo os vasos sanguíneos e os vasos secundários fornecem o sangue deficitário suprindo o vaso em reparação. Assim , o tecido ou orgão irrigado não sofre de escassez de sangue. Uma vez conseguida a regeneração do endotélio, a placa aterosclerótica se rompe e a artéria é totalmente reparada e fortalecida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *