Agenda

Confira as próximas datas...

Leia Mais

Podoposturologia

A podoposturologia é o ca...

Leia Mais

Microfisioterapia

É uma técnica Francesa ...

Leia Mais

Osteopatia

E uma técnica de terapia ...

Leia Mais

BIOQUÍMICA DO BEM

Nenhum comentário em BIOQUÍMICA DO BEM

Os estados emocionais são acompanhados por mudanças nas “moléculas de emoção”, os polipeptídios. A cada alteração de humor, hormônios e neurotransmissores fluem através do corpo, afetando todas as células. No estado de depressão há um aumento na secreção de glicocorticoides, especialmente o cortisol, hormônio do estresse produzido pelas glândulas suprarrenais. O comando para a produção desta substância parte do eixo hipotálamo- pituitária, no cérebro.

Quando o indivíduo se expõe a um agente estressor, o hipotálamo, por meio da glândula pituitária, mobiliza a secreção de cortisol das suprarrenais. Se o estresse for contínuo o mecanismo de equilíbrio do organismo é quebrado e o hipotálamo continua a estimular a secreção de mais cortisol.

Pesquisadores da College em Londres descobriram como a felicidade transforma a nossa bioquímica. Pessoas felizes secretam cerca de 30% menos cortisol durante o dia – mesmo quando estão passando por algum estresse! “Essa pesquisa demostra que a busca do aumento da felicidade deveria ser uma preocupação dos órgãos de saúde pública” acredita a epidemiologista Jane Wardle, uma das autoras do estudo. A nossa sensação de bem estar é diretamente relacionada com os processos biológicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *